terça-feira, janeiro 07, 2014

Umsonst! 12 coisas de graça (ou quase!) em Viena.

1)  Então você começa o dia nas casas de café vienenses, quanto mais tradicional, mais jornais e revistas eles tem. Aqui você vai precisar de um trocado pra tomar um expresso mas em troca você terá todas as revistas semanais, jornais nacionais e internacionais e água á vontade de graça. Dá pra passar a manhã inteira só anotando os eventos que estão rolando com o papel e caneta que você pediu emprestado pra o garçom.

2)  Livros? Pra que comprar? Nas grandes livrarias, Thalia por exemplo, você pode escolher o produto, sentar em poltronas confortáveis e ler, ler, ler… Outra alternativa: a  Iniciativa da Estante aberta (Offener Bücherschrank), ali você pode lvar, pegar ou trocar livros.


3) Surfar na Net? Também for free no Naschmarkt, no parque Prater e no Donauinsel. É só procurar um canto e abrir o laptop.

4) Coloque uma roupa bacana, teu melhor sorriso na cara, comporte-se como um patriota discreto e vá na embaixada, regristre-se. Com um pouco de sorte e se você se comportou devidamente, tipo não perguntou se tinha "uma vaguinha ai pra mim fazer um bico", não encheu o saco da secretária tipo: "Cê vai pro brasil? Dá pra trazer uns dvd pirata pra eu? E umas mariolas? Eu te pago aqui...", se por acaso encontrou com um diplomata no elevador não soltou uma tipo: "Ô meu chapa, finalmente encontrei um conterrâneo, lembra de mim? Primo da Clarinha, mulher de Miltinho. Tem notícias da Silvinha?" Então, se você foi legal, manero, discreto e perfumado, vai começar a receber uns convites que na maioria tem comes e bebes de graça, ás vezes guaraná com coxinha, risole & empadinhas, tudo feito pelas mãos da maravilhosa cozinheira da embaixada. 

5) No Lange Nacht der Museen (longa noite dos Museus) que sempre ocorre em outubro, pode-se visitar todos eles das18 até a 01 da noite. Custa 13 Euros e os transportes públicos para este período com o ticket são gratuítos. http://langenacht.orf.at

6) Na hora do almoço você procura um restaurante chinês com as janelas bem empoeiradas (quanto mais poeira, mais barato), escolhe o buffet de "coma até morrer por 5 Euros" e um copo de água pra beber (se a garçonete fizer cara feita, você diz que tem alergia à frutose e por isso só pode tomar água, da bica de preferência, por que a mineral é tão cara quanto um chopp). No Buffet você se empanturra bastante e comida só vai precisar amanhã de novo. 

7) Vai fazer feijoada? Pra compensar o preço do feijão preto que custa ouro por aqui, você cata no supermercado as folhas da Kohlrabi, é igualzinha a Couve Mineira. Mas por favor, não caia na besteira como eu de dizer pra funcionária do Billa que é pra um jantar... Minta, diga que você tem preás em casa, ou melhor, que você tem uma criação de preás  pois não caia na besteira -como eu caí da segunda vez em uma outra filial- de dizer que tem só duas por que a funcionária muito experiente vai te revidar com um: "Ah, a senhora toma cuidado, leve só estas 2 folhinhas por que as preás tem diarréia se comerem muito…"

8) Transporte? Em Viena carésimo, digo carésimo pra quem não tem nada. A carta de "aufforia" custa 365 Euros por ano e pode-se andar em todos os transportes públicos quantas vezes quiser por dia. Mas tem uma outra opção: Bicicleta! Com ela você economiza os 365 mais a mensalidade da academia. Com a Citybike você consegue uma em qualquer lugar da cidade. A primeira hora é grátis, a segunda hora custa 1 Euro, a terceira 2 MAS… se você depois de uma hora faz uma pausa e devolve ela na estação, não paga nada! ;) Depois se quiser continuar, é só pegar de novo.

9) Gosta de banana? Quando ela está boa de comer, com a casca pintadinha de preto, os austríacos acham que estão podres e colocam pra vender por um terço do preço.

10) Precisa de móveis? Roupas? Existe o Caritas que não é de graça mas ás vezes se encontra coisas fabulosas por uma mixaria. Dica: Bom é ir de manhã antes dos "mudernos" acordarem ;) E também um site no facebook que oferece coisas de graça: Zu verschenken

11) Você nunca mais pagará pra ver exposição nenhuma!  Vernissage é a palavra chave, guarde bem este nome, aonde ele estiver significa vinho de graça e com sorte, uns canapés juntos (e com mais um pouco de sorte, você acorda sem dor de cabeça pela qualidade da bebida no dia seguinte). 
Ás 18 horas, começe o teu roteiro "Cultural". Na cidade sempre tem todo dia no mínimo 3 Vernissagens, Aberturas e similares por noite. As melhores são as  feitas por políticos antes das eleições. Com os  socialistas tem linguiça, pão, mostarda e chopp de graça, maravilha! Se for do partido verde, tem Kebab, Sushi, Couscous e essas coisas multikultis... Se for dos conservadores, rola um Sekt. Dos extrema direita tem... opa, peraí, você é louro(a) e tem olhos azuis? Ou tem narigão, pele escura, cabelo enrolado? Bom, se você se passa facilmente por austríaco e esqueceu seus escrúpulos políticos em casa, vale á pena cair de boca num Käsenudel, especialidade da Carínthia que os radicais de direita, provenientes da Carinthia, adoram oferecer. 
Tem também as Vernissagens de museus, você já economiza 10 euros da entrada por que na noite da abertura é de graça e rola uns Sekts, Vinhos, enfim, dá pra encher a cara toda noite de graça. Aqui uma lista das Vernissagens mais descoladas da cidade.

12) A partir das 20hs até as 6 da manhã, você pode comprar pães numa máquina como se compra cigarros, por um terço do preço! A iniciativa é também para não desperdiçar alimentos. Mais Infos sobre o projeto aqui
Felzl Brot-Automat, Schottenfeldgasse 88, 1070 Wien. Mo-So 20:00 bis 6:00 Uhr.

Tá vendo? Mole, mole….

P.s: Este post gerou discussões e críticas saudáveis na comunidade de brasileiros em Viena do face. Completando as infos, alguém postou mais uma ótima dica que li também na revista Wiener igualzinho. É fácil: Se você compra só uma ação de qualquer firma aqui, que custa entre 20 e 40 E, será convidado(a) para a reunião anual de acionários e tem direito à um buffet maravilhoso e bebida de graça. Tipp: Fiat, Do&Co. Tá vendo? Nem só brasileiro vive de jeitinho :)))

5 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pelo seu blog. Quanto posso venho aqui dar uma olhada, muito interessante suas dicas e histórias.

Rique Souza disse...

Nossa vou revirar blog todo rsrsrsrs

Unknown disse...

Te encontrei via Fernanda (Fer Ni) uma fofa que me acolheu quando estive em Viena, meio perdida, e também sou conhecida de Laurinho Bandeira (somos ambos de Floripa). Amei tudo por aqui. Tivesse encontrado o Blog antes de embarcar minha viagem teria sido mais proveitosa. Mas um dia vou usar todas essas dicas. Vc escreve muito bem. Parabéns.
Abraços Cleiambr

Unknown disse...

Melhor post sobre Vienna. Adorei suaas dicas

Eliane Colepicolo disse...

Adorei o blog! Dicas muito boas sobre Viena!