sexta-feira, junho 15, 2012

Banho doce banho!

A partir dos anos 50 os socialistas foram conquistando cada vez mais mandatos, principalmente em Viena, onde até hoje os "vermelhos" são poderosos e desde as últimas eleições, fazem coalizão com os verdes. Mas já antes disto, na época da primeira república (1914-1934), eles implementaram um sistema interessante de planejamento urbano, as chamadas "Gemenidebau" que em português seria o correspondente à casas populares ou Conjuntos habitacionais do BNH (ainda existe?). As Gemeindebau foram construidas em todos os bairros, resultando assim numa cidade mais homogenea socialmente. O requisito para conseguir um apartamento nestes conjuntos é ter baixa renda, então nos bairros "nobres" como o 19 ou 13 encontra-se estes conjuntos tanto quanto nos bairros do subúrbio ou até mesmo no primeiro distrito. E não só com os "Gemeindebau" como também com as piscinas públicas foi feito o mesmo, muitas particulares da época do império se tornaram públicas e outras foram construídas. Quando cheguei por aqui e nada entendia (muito mais perdida do que Caetano na Avenida São João:), fiquei encantada com este tipo de lazer aberto ao público. Em Niterói e até mais onde eu saiba no Brasil, pra se frequentar uma piscina tem que se comprar um título caríssimo num clube e ficar amarrado no negócio a vida inteira, pagar mensalidades e etc. Hoje os cariocas tem pelo menos o piscinão de Ramos. Os vieneses tem mais de uma piscina pública por bairro (30 ao total). Os Sommerbäder (Piscinas de verão) abrem de maio à setembro.
Crianças que nasceram até 2006 não pagam, que nasceram entre 1998 e 2005 pagam 1,70 E. Jovens nascidos entre 1994 e 1997: 2,80 E, adultos: 5 E e mais alguns descontos.
Embaixo segue a lista deles com os links e alguns comentários sobre aqueles que eu conheço
As piscinas estão divididas em 3 categorias: Piscinas de verão, Piscinas para familias e Piscinas combinadas (fechadas e abertas). As chamadas "Strandbad" são as localizadas à beira do rio, a maioria possui piscina também.

Piscinas de verão

Kongreßbad
Construção bonita no coração do bairro proleta (Ottakring), a piscina tombada pelo patrimônico histórico da cidade foi construída em 1928 e reformada em 1987. É um dos ícones da arquitetura socialista.




Situada ao alto, no 19. distrito, bairro nobre de Viena com muito verde ao redor. tem uma vista linda!

Descendo na estação "Alte Donau" da linha vermelha e andando para a direita na Arbeiterstrandgasse, você encontrará 2 Strandbad (Praias de banho), um depois do outro:

Strandbad Angelibad

Strandbad Alte Donau
Banho de rio sem frescura e sem stress. O meu preferido por que é pequeno, tranquilo, não tem piscina, toma-se banho direto no rio, sem muita gritaria. Bom pra bebê e criança pequena por que tem muitas árvores e alguns brinquedos.

Foto: GuentherZ 

Strandbad Gänsehäufel
La isla bonita :) Em 1900 um médico naturalista alugou a ilha e tentou implantar a cultura livre do corpo, em português claro: o banho nú, incentivando homens e mulheres a se banhar juntos (até então proibido). Acabou perdendo a concessão, suas idéias eram modernas demais para a época. A prefeitura construiu então uma grande centro de lazer com cabanas. Na segunda gerra, provavelmente os aliados acharam que as cabanas seriam casernas e dexaram cair lá 130 bombas que destruíram completamente o lugar. Depois da segunda gerra, a ilha foi reconstruída e é até hoje um dos simbolos de lazer do auge do governo socialista. Abriga até 30 mil pessoas em 330 mil metros quadrados. Hoje existe uma área reservada para banho nu que é para nós brasileiros púdicos não declarados uma viagem: "Neguinho" comprando sanduiche na fila da cantina, "Neguinho" jogando bola, "Neguinho" passeando, "Neguinho" comendo no restaurante, todo mundo nu! Muito engraçado. Aí que você percebe como pode ser careta pra certos costumes, por que enquanto está todo mundo numa boa e normal, você está se esforçando pra não rir! Mas tem um detalhe que suaviza: você também está pelado por que lá dentro é proibido biquinis e sungas, hehe!
Como chegar na ilha:
Da linha U1, estação Kaisermühlen, sai um ônibus especial a cada 10 min. de graça até a ilha.



Os 3 abaixo não são administrados pela prefeitura mas estão abertos ao público:
Schönnbrunnerbad
Se banhar na piscina da rainha! Mais "Sissi" impossível! Não aconselho levar crianças, é mais pra dar pinta mesmo :) A piscina é pequena mas total cool.
De 1 Junho até 15 de Agosto, você pode nadar todos os dias ate às 22 hs!
Passei minha juventude lá! Naquela época existiam poucos brasileiros na cidade e nós éramos um grupo bem humorado falando, gargalhando, gesticulando. Escutávamos com frequencia diálogos assim: "Que povo é este? Não é italiano mas tem alguma coisa de latim. Romenos? Não pode ser, são muito morenos… Espanhóis? Mas e este aauu, aaoo que eles falam não é espanhol… Portugueses? Não, muito grandes, muito barulhentos...
O precinho também é de rei :)
Entrada: 10 E, a partir das 13:30 hs: 8 E, a partir das 17 hs: 5 E

Foto: www.stadtbekannt.at

Badeschiff
Sabe aqueles dias que está fazendo 40 graus e você tem uma hora para o almoço e tudo o que você queria era dar um mergulho numa piscina pra voltar fresquinho (a) pro trabalho? Pois é, o Badeschiff é isto: Uma piscina pertinho do centro e dentro do canal! Maravilha mas…só falta a tal uma hora de almoço (por aqui o normal é trabalhar de 9 às 5 sem horário de almoço) e os 40 graus…
Mas o Badeschiff não é só isto. Tem um ótimo restaurante (Holy-Moly) e um Nightclub (Laderaum)
Entrada: 10 E pra o dia inteiro, crianças até 12 anos pagam metade. Mais infos aqui: www.badeschiff.at 



Foto: "Badefreuden" von Iris Meder, editora: Metroverlag


Stadionbad
Um paraíso popular, a versão austríaca do piscinão de Ramos! Dentro do Prater, ao lado do estádio. Para chegar lá, o transporte que passa mais perto é o ônibus 77A. A estação U2 Stadion também passa mas não tão perto... Veja aqui. Tem 150 mil metros quadrados e em dias de recorde de público, chega a ter 18 mil visitantes! (Sim, quem mora aqui sabe, 9 meses de frio e num dia de 35 graus uma piscina ainda que lotada é uma benção divina!)
Entrada: 4,70 E / a partir das 13hs 3,80 E, Crianças de 6 a 14 anos: 2,20 E

Familienbäder
São piscinas pequenas para famílias com crianças. Crianças nascidas a partir 1998 até 2005 podem frequentar sozinhas mas atenção: Marmanjo(a) desacompanhado de crianças não entra! (não se assuste, aqui é assim mesmo: uma gavetinha pra cada coisa :)
Crianças nascidas entre 1998 e 2012 não pagam, adulto: 2,80 E


Interessante observar o comportamento cultural das familias. Na Familienbad perto de onde eu moro, vejo vários estrangeiros(as) de baixa renda fazendo pic nics ou sentados perto da porta do local, enquanto seus filhos entram e saem da piscina. Assim ninguém paga nada e eles ainda conseguem observar as crianças de vez enquanto através dos portões que ficam sempre abertos. Não quero dizer com isto que exista só estrangeiros pobres mas eles tem outros costumes (o que acho ótimo!) e além de não terem vergonha de fazer isto, criam os filhos de outra forma, dando-lhes mais liberdade de ir e vir.

2., Augarten/Eingang Karl-Meißl-Straße
Telefon: +43 1 332 42 58


3., Schweizergarten/Eingang Kleistgasse
Telefon: +43 1 799 20 10


10., Gudrunstraße/Ecke Absberggasse
Telefon: +43 1 602 25 27a


11., Herderpark/Herderplatz
Telefon: +43 1 749 68 98


14., Reinlgasse/Ecke Märzstraße
Telefon: +43 1 985 85 03


16., Hofferplatz
Telefon: +43 1 493 19 09


18., Währinger Park/Eingang Semperstraße
Telefon: +43 1 478 63 93


19., Hugo-Wolf-Park/Eingang Dänenstraße
Telefon: +43 1 367 46 81


21., Stammersdorf/Luckenschwemmgasse/Ecke Josef-Flandorfer-Straße
Telefon: +43 1 292 61 69 


21., Strebersdorf/Roda-Roda-Gasse
Telefon: +43 1 292 61 68 

4 comentários:

marcelo onofri disse...

AI meus tempos!!!
Era nessa época que conseguíamos escancarar nossos sorrisos, aproveitando a onda do verão, essas piscinas...
ai, ai...
Lívia, adorei. Beijo e abraço, prá voce e quem estiver por perto.
Marcelo

alonso Barros Brasil disse...

Livia querida. Adoro ler o seu blog. Me ajuda a agucar a memoria , lembrar de bons tempos desta Vienna que adotamos como lar. Parabens querida. Meu Deus tem piscina que eu nem sabia que existia. Depois de 24 anos na terrinha do Danubio. Well done !!! Bjo. Alonso

Anônimo disse...

arrasou :)
boa pesquisa!
e eu me empolguei e já analisando em qual piscina eu vou :) . Nunca fui em nenhuma...
vem comigo?!
beijin!!

Puny disse...

Lívia, adorei esta matéria, principalmente a observação sobre estrangeiros de baixa renda. Vivendo bem com o que eles tem! Fantástico. Adriana Aguiar Ribeiro, autora do livro Vivendo Bem com o que você tem. www.aguiarauthor.blogspot.com